segunda-feira, março 19, 2007

Indo ao azul...

...a Infância morreu.
Era linda, cheia de pássaros,
morros, meninos e alegria.
Andava sem pudor, sorria de tudo;
amava brincar e correr por entre os prédios.
Jogar bola, esconde-esconde era seu costume,
infelizmente ela morreu, deixando saudade a quem ficou,
deixando um nó na garganta de quem tanto a amava.
Mas ela viverá pra sempre no incosciente crescido,
no peito amadurecido, na canção serena...
...viverá pra acompanhar nossa velha lembrança
e fará de novo soltar o riso, antes da criança.

dedicado à Val, Nane, Kel, Mili, Suzy, Ana e Jose

Um comentário:

Celis_PPS disse...

Lindo....sempre há saudade da infanica que a gente procura no azul...