quinta-feira, janeiro 10, 2008

Eu sempre...

Tive medo do ônibus passando pelo túnel,
Chupei picolé de baixo pra cima,
Passei a mão pelas paredes quando andava,
Respeitei os malucos,
Roí unhas,
Reparei nos outdoors,
Tive medo de Charlie Chaplin,
Morri de rir depois de muito chorar,
Gostei de meninos me tocando a cintura,
Cantei no banheiro segurando o sabonete...
e você?

5 comentários:

Celine disse...

Eu sempre quis falar no cel dentro de um tunel,
Mordia o picolé,
passava as maos na parede e nas grades quando andava,
fui respeitada,
cortava as unhas,
quis ver Charlie Chaplin com roupa vermelha,
morri de chorar de tanto rir,
gostei de tocar a cintura dos meninos, e das meninas.
Cantei em todo lugar que fui.

Tatiana C. Mendes disse...

Fiz isso tudo, e ainda...

Dormi no pé da cama,
Tentei contar os pingos da chuva e,
Não fiz diferente com as estrelas do céu...
Tomei leite direto na caixa,
Reclamei de manchas do copo,
Vaguei, vaguei pela internet,
Entrei e saí do orkut umas...
Não sei quantas vezes,
Por fim resolvi responder aos
Recados que recebo.

Parabéns pelo blog... Muito interessante!
Visual arrojado e diferente, gostei mesmo.
No mais, obrigada pela visita!

Beijos!!

Itaninha disse...

hsuahsuhsuhuasha =P

eu sempre tive medo de perder o ponto
tive cuidado de não deperdicar nem uma gota do picolé
passava a mão nas paredes
fugia dos malucos
pintava cada unha de uma cor
ri de morrer e morri de chorar
gostei do arrepio de ser tocada na cintura
e canto desafinada até me sentir feliz!!!

- In meu caderno; disse...

Aii...
:)
fiz tudo menos roer unhas.. --'
eu canto muito alto(no banho,
eu penso muito alto,
eu pulo muito alto,mas a queda é...

:D
Gostei

Anônimo disse...

Chega a ser lírico. Uma inocência camuflada que abriga nosso âmago. Felicidades, Luciano (Podrera).