quinta-feira, março 10, 2011

diária

todo dia um
todo dia só
todo dia som

todo dia dor
todo dia odor
todo dia amor

todo dia oro
choro
horror

5 comentários:

Í.ta** disse...

todo dia poemo

Augusto Leal disse...

todo dia terra
todo dia trigo
todo dia pão

todo dia cana
todo dia açucar
todo dia doce

todo dia flor
todo dia cor
todo dia perfume
Todo dia amor

Larissa Santiago disse...

poesia que inspira poesia.

obrigada, Augusto

Augusto Leal disse...

Eu que agradeço a inspiração!

Álvaro Andrade disse...

Obrigado pelas palavras e pela visita, moça.

Eis o seu dia-a-dia. Cada um tem sua beleza.