terça-feira, maio 11, 2010

esperar














a rima
encontrar você e versar
até quando?

7 comentários:

marcos assis disse...

enquanto quiser

jorginho da hora disse...

É foda mesmo. Rima nem sempre cai do céu. Mas no caso do haikai, o melhor é esvaziar a mente e deixar acontecer. Noutro dia tentei fazer um haikai falando de borboletas; Tentei de todas as maneiras e nada. Aí lembrei-me disso e, depois de limpar a mente, deixei acontecer, e derrepente, num folego só saiu:

No alto da montanha
o vento sopra o destino
da borboleta

Augusto Leal disse...

encontrar versar e você
até a rima?
quando

Larissa Santiago disse...

engraçado que quando eu pensei nisso que chamo de poema, pensei justamente no jogo de palavras. adorei o seu Augusto.

jorginho, quero organizar umas coisas com vc...

beijos

george araújo disse...

até quando o verso não versar mais sobre você.


bjo
>>

nina martins disse...

adorei o poema e essas interações!

Celine Ramos disse...

Até agora agora agora.