sábado, abril 17, 2010

quando não é inverno

a chuva caiu
e era montanha
quente
do umbigo pra baixo
lento de ver
na subida do carro
pleno vento
na orelha
e sabor de
menta nos dentes
como num passo
de tango ela passou
deixando úmido
tudo por fora
nem frio ficou
mas o abraço chegou
e o desejo no papel
eternizou aquela subida

6 comentários:

marcos assis disse...

montanhas...

Ric Dexter disse...

Num intidi porra ninhuma, mas ta bunitu.

Bjs!

jorginho da hora disse...

Quando está úmido assim, só um abraço quente pra despertar.

Mil beijos e um abraço !

ana f. disse...

equatorial...

Lipe disse...

parabens!!!!
voltarei mais vezes
www.caisdalingua.blogspot.com

Lipe disse...

parabens!!!!
voltarei mais vezes
www.caisdalingua.blogspot.com