terça-feira, fevereiro 02, 2010

poesia de di noite

Cada solo de guitarra que vejo
é todo sonho de noite
virando realidade aumentada
de noite às vezes não vejo
o quanto te amo

E perco de novo as notas
do sax que estavam aqui
perto do céu que você deixou
antes de viajar em outros ares

O que penetram são moscas
e vozes melancólicas pra
lembrar a memória ainda
sincera comigo, como essa
dor sincera

Anda logo com isso
e vem ver aquele jazz
favorito pra nossa cama
e melhor pro baterista
aumente o volume e a vontade
realidade imensa do tamanho
da saudade que vai quando amanhecer

E a imagem ser só um nariz
fino e perfeito a respirar
os ares quentes do lado de cá
o lado meu da sua cama
era sempre meu
um sonho louco sem rima
sem nexo com muito som
agora me deixa te ouvir

Voe logo com isso
apareça pra completar essa música
e fazer par com a dor de dentro de mim

4 comentários:

jorginho da hora disse...

Vc disse voar ? Já tõ indo meu amor! Bzzzzzzzzzzz!

Everton do N. Siqueira disse...

Mais um poema de Lary difícil de entender...

Filhas da Pagu disse...

Letra e Música. Combinação explosiva. :)

lin disse...

I agree with many points. But in some areas, I feel we need to be more aggressive. Just my opinion. Love ya. Off the Shoulder Wedding Dresses. Bar Phone Louboutin Shoes Christian Louboutin Pumps Lace Wedding Dresses